TECNOLOGIA AJUDOU ARBITRAGEM NA DECISÃO

29/06/2017 às 19:56 | Assessoria CBF

Árbitro de Vídeo: o que rolou em Salgueiro

O futebol brasileiro teve a sua primeira finalíssima com o Árbitro de Vídeo (AV), nesta quarta-feira (28), no Estádio Cornélio de Barros, em Salgueiro (PE). O time da casa recebeu o Sport, que venceu por 1 a 0 e conquistou o Campeonato Pernambucano. A CBF promoveu a estreia da tecnologia na arbitragem em parceria com a Federação Pernambucana de Futebol (FPF).

Assim como aconteceu no primeiro jogo da decisão, quando as equipes empataram em 1 a 1, na Ilha do Retiro, o recurso eletrônico ajudou o árbitro principal do jogo a visualizar as imagens e confirmar a marcação, inicialmente, indicada. Aos 24 minutos do 2º tempo, o Salgueiro cobrou escanteio na ponta esquerda. A bola chegou à pequena área e balançou a rede. Porém, o assistente Emerson Augusto Carvalho (FIFA-SP) levantou a bandeira, indicando que a bola fez a volta por fora do campo, antes do desenrolar na jogada na área. O árbitro principal Wilton Pereira Sampaio (FIFA-GO) seguiu a marcação e o gol não foi validado.

Na cabine do Árbitro de Vídeo, Péricles Bassols (CBF-PE) começou a conferir os replays. Uma imagem ampliada com o zoom eletrônico da microcâmera dentro do gol dava a impressão de bola fora, mas ele concluiu que o lance era duvidoso. Seguindo o protocolo aprovado pelo International Football Association Board (IFAB), Bassols recomendou que Wilton revisse as imagens no monitor colocado ao lado do campo. Sampaio checou e avaliou que a marcação inicial deveria ser mantida. O jogo seguiu e o tiro de meta foi cobrado.

Dezenas de lances checados

O trabalho do Árbitro de Vídeo contou com 15 câmeras, as mesmas utilizadas na transmissão da TV. Supervisionado por Manoel Serapião Filho, autor do projeto do AV, e pelo vice-presidente da Comissão de Arbitragem da CBF, Alício Pena Júnior, Péricles Bassols reviu dezenas de lances durante a partida Salgueiro x Sport. Entretanto, além do que momento já descrito, não houve necessidade de intervenção junto ao árbitro principal. A correção com a tecnologia está prevista para quatro situações:

– Foi gol / Não foi gol
– Foi pênalti / Não foi pênalti
– Cartão vermelho direto indevido
– Identificação errada do jogador punido

Relatório ao IFAB

O coordenador do Árbitro de Vídeo no Brasil e chefe da Comissão de Arbitragem da CBF, Sérgio Corrêa, acompanhou a partida ao lado do monitor de vídeo disponível no gramado e enviará relatório com todos os detalhes ao IFAB. O presidente da Federação Pernambucana, Evandro Carvalho, entusiasta do projeto, também estava no estádio.

Autor: Sérgio Corrêa

Árbitro na Federação Paulista de Futebol (1981-2001) e da Confederação Brasileira de Futebol (1989 a 2001); Ocupou cargos administrativos nos sindicatos entre 1990-93 e 1996-03, Eleito e reeleito presidente para dois mandatos: o primeiro compreendido entre 03/02/2003 a 08/04/207 e o segundo, de 09/04/2007 a 08/04/2011. Deixou a função para assumir a presidência da CA-CBF. Pela Associação Nacional dos Árbitros de Futebol ocupou os cargos de secretário-geral, entre 25/10/1997 e 13/05/2003. Já, na Comissão de Arbitragem, foi secretário-geral entre 25/10/2005 e 06/08/2007. Nomeado presidente da CA-CBF em duas oportunidades, a primeira entre 07/08/2007 a 22/08/2012, a segunda, de 13/05/2014 a 28/09/2016. Também foi diretor-presidente da Escola Nacional de Arbitragem de Futebol, entre 07/01/2013 a 12/05/2014. Atualmente, continua chefiando o DA (desde 22/08/12) e lidera o projeto de árbitro assistente de vídeo, nomeado junto a FIFA desde 15/09/2015.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: