Roberto Rosetti valoriza…

Instructor de FIFA Roberto Rosetti valora la apuesta de CONMEBOL para implementar el VAR

Roberto Rosetti instructor de árbitros de la FIFA se mostró entusiasmado con la apuesta al VAR, de la CONMEBOL, la primera Confederación que pondrá a prueba Sistema de Asistencia Arbitral por Video, en los partidos de semifinales y finales (6) de la CONMEBOL LIBERTADORES BRIDGESTONE.

En charla con CONMEBOL.com, valoró la mentalidad abierta de los árbitros de élite del continente, que desde el jueves se concentran en Asunción participando de un riguroso curso de capacitación, para el uso de la tecnología en el arbitraje.

 

 

Ver imagen en TwitterVer imagen en TwitterVer imagen en TwitterVer imagen en Twitter

VAR em campo

Árbitros VAR se entrenan en la cancha de CONMEBOL con situaciones reales de juego

En la tercera jornada de entrenamientos, los árbitros sudamericanos entrenaron en la cancha CONMEBOL, con uso del Sistema de Asistencia Arbitral por Video (VAR, por sus siglas en ingles), en situaciones reales de juego, con miras a su implementación en las semifinales y finales de la CONMEBOL LIBERTADORES BRIDGESTONE 2017.

La tarea de este sábado en la Capacitación para Árbitros Asistentes de video VAR, proyecto emprendido en el marco del programa Evolución, consistió en someter a los colegiados a situaciones reales del juego, utilizando la tecnología VAR.

Las tareas fueron divididas y todos los árbitros del primer grupo fueron evaluados por los instructores CONMEBOL y el instructor FIFA, Carlos Velasco, quien fue el encargado de dar las directrices para la correcta utilización de los sistemas tecnológicos.

La cancha CONMEBOL fue acondicionado con los materiales necesarios para la implementación de la tecnología VAR: a un costado del terreno se instauró dos cabinas con monitores y controles; y alrededor del terreno fueron colocadas cámaras para la visualización nítida de cada jugada.

De la práctica formaron parte los chicos de las inferiores del Club General Díaz, ubicado a inmediaciones del predio de la Confederación. Los trabajos fueron observados muy de cerca por el presidente de la CONMEBOL, Alejandro Domínguez W-S, quien asistió a los entrenamientos en la jornada de este sábado.

Los trabajos culminaron cerca del medio día de Paraguay, con una evaluación del primer grupo participante de las pruebas, con las recomendaciones del presidente de la Comisión de Arbitraje de la CONMEBOL, Wilson Seneme, quien valoró el desempeño y esfuerzo de cada colegiado sudamericano.

Por la tarde se prevé el mismo ejercicio con un segundo grupo de árbitros.

http://www.conmebol.com/es/arbitros-var-se-entrenan-en-la-cancha-de-conmebol-con-situaciones-reales-de-juego

 

 

Fair Play

Alejandro Domínguez: “Queremos mostrarle al mundo que nosotros estamos por el Fair Play”

El presidente de la CONMEBOL, Alejandro Domínguez W-S, dio las palabras de apertura en el arranque de las capacitaciones en el uso de la tecnología de Asistencia Arbitral por Video (VAR), que desde hoy y hasta el 22 de septiembre se llevarán a cabo, en la sede de la Confederación Sudamericana de Fútbol.

“Es muy importante que sepan que la Confederación que más hincapié y que más apoyó y propuso la implementación de la tecnología en el arbitraje fue la CONMEBOL. No es que el sea todo nuestro mérito, pero fuimos la Confederación que propuso con más fuerza y nobleza obliga decir que el presidente de la FIFA tuvo un gran aporte para que esto pueda ser probado por un periodo de dos años”, empezó diciendo.

“Lo que queremos hacer es darle a nuestro equipo, los árbitros, más capacidad, más herramientas. Darles a ustedes una opción más de hacer justicia dentro del campo de juego, de mostrarle al mundo que nosotros estamos por el Fair Play”, enfatizó.

“Esta herramienta quiere darle a ustedes (los árbitros) calidad para hacer justicia y demostrar al mundo que nosotros estamos aquí por el fútbol (…) es una herramienta que la tenemos que usar en función de seguir favoreciendo al futbol”.

También remarcó que, “no va solucionar todos los problemas, claro que no, y hay que ser muy claros en este punto (…) Va a ayudar, pero no significa que vamos estar exentos de errores o equivocaciones. Pero vamos a empezar una nueva etapa, y a la hora de utilizar esta herramienta, seamos prácticos y eficientes al usarla”, significó.

“Es un gran paso, ustedes tienen el mejor fútbol del mundo, son los mejores del mundo y debemos demostrarlo partido a partido fecha a fecha constantemente”.

– La huella digital –

“Sepan ustedes, que son nuestro único equipo en la CONMEBOL, los jugadores que nosotros tenemos, el equipo que defiende a la CONMEBOL en la cancha”, les remarcó, al momento de recordarles, “ustedes se están dando cuenta ahora que nuestro logotipo tiene un símbolo de huella digital y este logo tiene un significado… Y hago mía la frase de que cuando Dios creo el mundo dejó una pelota en Sudamerica”.

“A los sudamericanos nos hizo únicos el fútbol, hizo que se nos respete, en todas las categorías, menores, mayores, mujeres, varones, se nos reconoce como de primer mundo en el futbol. Pues hicimos historia. Es la Confederación más añeja a nivel de selecciones, de clubes”, recordó.

“Eso no solo marca historia sino que generó también grandes competidores, árbitros, jugadores, jugadoras, que han hecho historia. Por eso es esa huella digital, el futbol en Sudamérica nos hace únicos (…) Siéntanse representados con esa huella digital, ustedes que hacen historia, ustedes que con cada partido están contribuyendo para un fútbol mejor (…) Ninguna Confederación en el mundo puede hablar de futbol como nosotros en el mundo”, concluyó.

 

– Wilson Seneme: “Necesitamos árbitros con mentes abiertas” –

El presidente de la Comisión de Árbitros de la CONMEBOL, Wilson Seneme fue muy claro al dirigirse a los participantes del seminario: “No queremos árbitros con las mentes cerradas.

Queremos árbitros con la mente abierta. Si cree que esto no es importante es importante hablar, queremos gente abierta que comprenda lo que es esto”, indicó.

“Árbitros prepárense para dos cosas: pueden estar como arbitro central o como VAR. Cada uno tiene su realidad, tienen que adaptarse. Usted una semana puede estar como central y la próxima puede ser al revés y estar arriba. Acá no estamos para elegir”, señaló.

“Ustedes tienen potencial para esto, por eso fueron elegidos, eso es lo que quiere FIFA para el futuro, lo que quiere FIFA para el mundial. Es el futuro, ustedes tienen una chance ya”

“Creemos que ustedes puedes ser grandes, que se adapten a esto, con seriedad al ciento por ciento. Es eso lo que queremos. Si tenemos ese espíritu de árbitro como central, soy el líder, entonces esto va ser seguro para el partido y para su carrera”.

“Todos cometemos errores. Pero si trabajáramos bien y hacemos bien nuestra parte, con la ayuda del un arbitro de video. el gran error ya no va haber”, concluyó.

– Dirk Schlemmer: “Esto es una gran desafío” –

El representante del Departamento de Fútbol la IFAB, Dirk Schlemmer se dirigió a los árbitros y les señaló, “el gran desafío”, que la implementación del VAR, representa. “Es un placer esta aquí y en IFAB y FIFA sabemos que es un desafío muy grande. Esto va ser algo completamente diferente de lo que están acostumbrados.

“Tenemos una tecnología muy alta, pero los árbitros tienes su ojos en el campo y estamos aquí para ayudar a los referís, para que no les echen la culpa a ustedes y sabemos que ustedes siempre están tratando de dar lo mejor de ustedes”, destacó.

“Ustedes solo tienen dos ojos, y queremos ayudarles, apoyarles y que tengan mas confianza en el campo (…) Ese fue el motivo del desarrollo el VAR.

“Tienen que saber que habrá alguien para ayudarles y deben tener la mente abierta para ver los beneficios de este proyecto”, culminó.

Este proyecto de capactiación forma parte del Programa Evolución, de la Dirección de Desarrollo de la CONMEBOL.

http://www.conmebol.com/es/alejandro-dominguez-queremos-mostrarle-al-mundo-que-nosotros-estamos-por-el-fair-play

 

Brasileiros na Conmebol II

BRASILEIROS NA CONMEBOL

15/09/2017 às 17:47 | Assessoria CBF

Árbitro de Vídeo: grupo faz exercícios práticos

Árbitros e dirigentes brasileiros estão em Assunção, no Paraguai, para uma semana de treinamento sobre o uso da tecnologia no futebol. Nestes primeiros dias, além de palestras e debates, foram realizados exercícios práticos com situações reais de aplicação do Árbitro de Vídeo (AV) em um simulador instalado na sede da Confederação Sul-Americana de Futebol.

A Conmebol quer aplicar o AV nas partidas semifinais da Copa Libertadores da América de 2017. Um dos representantes do Brasil nesta capacitação, o chefe do Departamento de Arbitragem da CBF, Sérgio Corrêa, afirmou que, pelos testes já realizados, a orientação da FIFA aponta para um aumento da participação do AV em lances interpretativos.

– Por enquanto, a atuação do Árbitro de Vídeo está mais ampla do que o projetado, mas precisamos ver como vai ficar nos testes práticos, que serão feitos ao longo da próxima semana – afirmou Sérgio.

O presidente do Comitê de Arbitragem da Conmebol, o brasileiro Wilson Seneme, está coordenando as atividades. Todos os dias, ele recebe as opiniões dos participantes e as análises técnicas do enviado do IFAB (The International Football Association Board), entidade responsável pelas regras do futebol mundial, Dirk Schlemmer.

– Todos sabemos, aqui, na FIFA e no IFAB, que a tecnologia para auxiliar a arbitragem é um desafio enorme porque é algo, completamente, diferente do que o mundo do futebol está acostumado – destacou Dirk.

Também estão no Paraguai o autor do projeto do Árbitro de Vídeo, Manoel Serapião Filho e os árbitros Wilton Sampaio, Sandro Meira Ricci e Anderson Daronco, representantes brasileiros entre os 28 árbitros que estão sendo capacitados.

 

http://www.cbf.com.br/noticias/arbitragem/arbitro-de-video-grupo-faz-exercicios-praticos#.Wb7DFsiGPIU

MELHORES SA/17 – 20ª e 21ª rodadas

ANÁLISE DE DESEMPENHO

30/08/2017 às 16:00 | Assessoria CBF

Ranking da arbitragem 2017: 20ª e 21ª rodadas

Créditos: Bruno Cantini/Atlético-MG

A Comissão de Arbitragem da CBF divulgou as melhores equipes de arbitragem das 20ª e 21ª rodadas do Brasileirão. Os vencedores da temporada serão determinados pela soma da pontuação contabilizada durante todo o campeonato. O ranking está sendo elaborado a partir dos dados do sistema de análise de desempenho usado pela entidade. Confira:

ARBITRAGEM – BRASILEIRÃO – 20ª RODADA

Vasco 1 x 1 Palmeiras – 13 de agosto, domingo (16h), Raulino de Oliveira, Volta Redonda (RJ)
Árbitro: Paulo Roberto Alves Junior (PR)
Árbitro Assistente 1: Bruno Boschilia (PR)
Árbitro Assistente 2: Victor Hugo Imazu dos Santos (PR)
Quarto Árbitro: Rafael Trombeta (PR)
Árbitro Assistente Adicional 1: Edivaldo Elias da Silva (PR)
Árbitro Assistente Adicional 2: Fabio Filipus (PR)

Botafogo 1 x 0 Grêmio – 13 de agosto, domingo (19h), Nilton Santos, Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Wagner Reway (MT)
Árbitro Assistente 1: Eduardo Gonçalves da Cruz (MS)
Árbitro Assistente 2: Fabio Rodrigo Rubinho (MT)
Quarto Árbitro: Renan Antônio Angelim Rodrigues (MT)
Árbitro Assistente Adicional 1: Marcos Mateus Pereira (MS)
Árbitro Assistente Adicional 2: Rafael Odilio Ramos dos Santos (MT)

Atlético-MG 2 x 0 Flamengo – 13 agosto, domingo (16), Independência, Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha (GO)
Árbitro Assistente 1: Fabricio Vilarinho da Silva (GO)
Árbitro Assistente 2: Cristhian Passos Sorence (GO)
Quarto Árbitro: Edson Antonio de Sousa (GO)
Árbitro Assistente Adicional 1: Eduardo Tomaz de Aquino Valadão (GO)
Árbitro Assistente Adicional 2: Osimar Moreira da Silva Junior (GO)

ARBITRAGEM – BRASILEIRÃO – 21ª RODADA

Fluminense 2 x 1 Atlético-MG – 21 de agosto, segunda-feira (20h), Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Vinícius Gonçalves Dias Araújo (SP)
Árbitro Assistente 1: Rogério Pablos Zanardo (SP)
Árbitro Assistente 2: Herman Brumel Vani (SP)
Quarto Árbitro: Vitor Carmona Metestaine (SP)
Árbitro Assistente Adicional 1: Thiago Duarte Peixoto (SP)
Árbitro Assistente Adicional 2: Salim Fende Chavez (SP)

Avaí 1 x 1 São Paulo – 20 de agosto, domingo (16h), Ressacada, Florianópolis (SC)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Árbitro Assistente 1:  Jose Eduardo Calza (RS)
Árbitro Assistente 2: Mauricio Coelho Silva Penna (RS)
Quarto Árbitro: Jorge Eduardo Bernardi (RS)
Árbitro Assistente Adicional 1: Roger Goulart (RS)
Árbitro Assistente Adicional 2: Jonathan Benkenstein Pinheiro (RS)

Coritiba 0 x 0 Santos – 20 de agosto, domingo (19h), Couto Pereira, Curitiba (PR)
Árbitro: Sandro Meira Ricci (SC)
Árbitro Assistente 1: Emerson Augusto de Carvalho (SP)
Árbitro Assistente 2: Marcelo Carvalho Van Gasse (SP)
Quarto Árbitro: Alex dos Santos (SC)
Árbitro Assistente Adicional 1: Rodrigo D. Alonso Ferreira (SC)
Árbitro Assistente Adicional 2: Eduardo Cordeiro Guimarães (SC)

DE OLHO NO QUADRO DA FIFA

DE OLHO NO QUADRO DA FIFA

06/09/2017 às 23:12 | Assessoria CBF

Cláudio Lima e Silva e os cuidados com o físico

Créditos: Leandro Lopes

Ter foco é fundamental para quem quer alcançar um objetivo. Quando estamos empenhados em algo, conseguimos fazer coisas que nunca pensamos que seria possível. O árbitro Cláudio Francisco Lima e Silva, da Federação Sergipana, iniciou esta temporada de 2017 pesando 113kg. Na busca pela evolução no ofício, ele resolveu melhorar a alimentação, aumentar o ritmo de exercícios e viu pouco mais de 13kg evaporarem.

O objetivo dele agora é manter o bom momento para chegar ao quadro da FIFA. Cláudio sabe que, para isso, é importante continuar com a parte física em dia.

– Para se enquadrar no processo, o físico é muito importante, precisamos fazer essa leitura. O árbitro tem de acompanhar bem esse processo, buscar o melhor posicionamento, ângulo, e é necessário que a gente se readeque aos critérios para, aí sim, buscar dar o próximo passo – afirma.

Participando do 14º Curso RAP-FIFA, em Águas de Lindóia (SP), o representante do Estado de Sergipe fez um balanço das atividades que estão sendo desenvolvidas pela elite da arbitragem. A ideia de Cláudio Francisco Lima e Silva é aproveitar ao máximo o que está sendo passado pelos instrutores.

– É um orgulho muito grande fazer parte deste processo, é um motivo de alegria, trazer o meu estado para estar concorrendo a uma vaga na FIFA. Aproveitar ao máximo o conhecimento que estão nos apresentando, estar com amigos… E como tão difícil é se manter no topo da arbitragem nacional, a gente procura aproveitar ao máximo aqui para desempenha um bom papel dentro de campo e corresponder, que é o mais importante. Assimilar tudo o que for de mais importante para a evolução da minha carreira e entrar nos critérios para me tornar um árbitro moderno e, quem sabe um dia, figurar esse quadro (da FIFA) – finaliza.

 

http://www.cbf.com.br/noticias/arbitragem/claudio-lima-e-silva-e-os-cuidados-com-o-fisico?ref=more#.WbJhnMiGPIU

LESÃO GRAVE

LESÃO GRAVE

06/09/2017 às 22:02 | Assessoria CBF

A volta por cima de Luiz Flávio de Oliveira

Créditos: Leandro Lopes

Luiz Flávio de Oliveira atua na arbitragem há 19 anos. No início desta temporada, o filiado da Federação Paulista de Futebol passou pelo pior momento da carreira. Em uma partida da Série A2 do Paulistão, o árbitro pisou em um buraco no gramado e acabou tendo uma grave lesão. No momento, o impacto da cena impressionou e ele foi direto para o hospital. Foi constatada uma luxação no tornozelo esquerdo e foram necessários quatro meses em casa para recuperação.

No último mês, Luiz Flávio já vinha apresentando melhora e voltou a treinar a parte física. Em seguida, fez algumas atividades no campo. A hora da verdade chegou nesta segunda-feira (4), quando o árbitro foi submetido ao teste físico no 14ª Curso RAP-FIFA. A aprovação aconteceu e, com ela, vieram os sentimentos de alívio e alegria.

– Estou muito feliz por ter passado no teste físico. Foi um momento (de recuperação da lesão) de muita reflexão. Recebi muito apoio da minha família. São 19 anos de carreira e, pela primeira vez, fiquei quatro meses em casa tratando, sem poder atuar. Tive o acompanhamento do Dr. Moisés Cohen e do fisioterapeuta Gustavo Leme. Continuo com o trabalho (de recuperação) até hoje. Depois de um mês de lesão, que foi só fisioterapia, retornei para a musculação e, neste último mês, estava treinando no campo de jogo, fazendo os tiros… Pensando no teste físico e no retorno para as partidas. Estou muito contente e agora é focar para retornar bem – destacou.

Enquanto tratava a lesão, Luiz Flávio, que integra o quadro da FIFA, teve não só o apoio familiar, mas também das Entidades que representa. Com o processo de recuperação quase completo, ele faz questão de agradecer a todos que o ajudaram.

– Estiveram em contato comigo durante todo o momento, a comissão, os membros da escola, o médico, pela Federação Paulista, pela qual sou filiado… Deram todo o apoio para mim. Federação e CBF, mesmo não estando no dia a dia nas capitais, estiveram em contato por todo momento e tive todo o suporte para resolver essa questão – acrescentou.

http://www.cbf.com.br/noticias/arbitragem/a-volta-por-cima-de-luiz-flavio-de-oliveira#.WbJhZsiGPIU

CONTRA A TIMIDEZ

CONTRA A TIMIDEZ

05/09/2017 às 22:25 | Assessoria CBF

Árbitro Wagner Magalhães usa teatro para evoluir

Créditos: Leandro Lopes

Autoridade máxima de uma partida de futebol, o árbitro é peça fundamental para que tudo dê certo durante os 90 minutos. Para isso, é necessário ter um bom preparo físico, qualidade técnica e saber se relacionar com os atletas em campo. O último quesito citado já foi um problema para Wagner do Nascimento Magalhães. Tímido, o carioca de 38 anos, integrante do quadro da FIFA, tinha uma certa dificuldade de comunicação em alguns momentos dos jogos. Para evoluir, ele encontrou uma solução: cursar artes cênicas.

Após receber uma indicação, Wagner Magalhães matriculou-se em um curso de teatro e fez as aulas por 12 meses. O árbitro destaca que após a conclusão das lições, o resultado foi notório.

– Em meados de 2015, fui orientado a procurar um curso de teatro para me ajudar na arte corporal. Era muito tímido, ainda sou um pouco, mas era muito travado dentro de campo. Em cursos que participava, eu fala muito pouco. Hoje em dia procuro participar mais, interagir na sala de aula, e no campo é a mesma coisa. Vejo que tenho uma postura muito melhor no campo atualmente, na arte corporal, que ajuda muito na marcação de uma falta, por exemplo, para se aproximar do jogador… Esse curso facilitou muito. Às vezes, em um gesto que eu faço, o jogador já muda de ideia sobre a atitude que tomaria. É algo que me ajudou e ajuda muito – destaca.

Wagner Magalhães está participando do 14º curso RAP-FIFA, em Águas de Lindóia (SP). O árbitro, que passou com louvor no teste físico que abriu o programa, fez um balanço sobre as atividades que já foram desenvolvidas.

– Tivemos o teste físico no primeiro dia, onde todos os árbitros do quadro da FIFA foram aprovados. Na sequência, acompanhamos uma apresentação na sala de aula e treinos práticos no campo de jogo, que simulam situações que acontecem em uma partida de futebol. Todas atividades que agregam muito aos árbitros brasileiros – acrescenta.

Sob a supervisão de Jorge Larrionda, instrutor técnico da FIFA e membro da Comissão de Árbitros da Conmebol, as atividades na cidade de Águas de Lindóia (SP) seguem até a próxima sexta-feira (8).

http://www.cbf.com.br/noticias/arbitragem/arbitro-wagner-magalhaes-usa-o-teatro-para-evoluir#.WbJhPciGPIU

Neuza Inês Back explica

ENTRE OS HOMENS

05/09/2017 às 18:47 | Assessoria CBF

Neuza Inês Back explica teste físico diferente

Créditos: Leandro Lopes

O 14º Curso RAP-FIFA para Árbitros de Elite, evento organizado pela Escola Nacional de Arbitragem (ENAF), foi iniciado na manhã da última segunda-feira (5). A assistente Neuza Inês Back saiu da rotina ao fazer o teste físico, que iniciou o programa. A catarinense optou por fazer o trabalho entre os homens.

Integrante do quadro da FIFA desde 2014, Neuza correu um risco maior de não alcançar as metas por estar no gênero oposto, que exige um grau de dificuldade maior. A assistente, por sua vez, alcançou o êxito com louvor nas atividades que avaliaram a velocidade e a resistência. Com a permanência em jogos de competições internacionais e da CBF garantida por mais uma temporada, ela explicou os motivos da peculiaridade.

– Normalmente, com relação a eventos da FIFA, as mulheres passam por uma avaliação de nível inferior. Como nos atuamos no Brasil em competições masculinas e fazemos também a avaliação masculina, optei por fazer a avaliação a nível internacional para estar habilitando o meu teste também e, no futuro, estar trabalhando também em competições masculinas – destacou.

Além do trabalho físico no primeiro dia, os árbitros e assistentes passaram por atividades teóricas no auditório e técnicas no campo. Neuza Inês Back, de 32 anos, fez um balanço sobre este 14º curso RAP-FIFA.

– Passamos pela primeira etapa, avaliação, tivemos um alto índice de aprovações, em virtude do apoio que a CBF presta aos árbitros, como o pilar físico, o resultado foi apresentado com a aprovação dos árbitros no teste. Tivemos um pouco de parte teórica também, conseguimos aprimorar a parte técnica das regras 11 e 12, que são faltas e impedimentos, e a expectativa é grande para que nós tenhamos um bom evento e que todos consigam sair daqui melhores do que chegaram – acrescentou.

Sob a supervisão de Jorge Larrionda, instrutor técnico da FIFA e membro da Comissão de Árbitros da Conmebol, as atividades na cidade de Águas de Lindóia (SP) seguem até a próxima sexta-feira (8).

http://www.cbf.com.br/noticias/arbitragem/neuza-ines-back-explica-teste-fisico-diferente#.WbJhCciGPIU

14º CURSO RAP-FIFA

14º CURSO RAP-FIFA

04/09/2017 às 19:03 | Assessoria CBF

Árbitros de elite são aprovados em testes físicos

Na manhã desta segunda-feira (04), 40 árbitros e árbitros-assistentes de elite, homens e mulheres, foram submetidos a série de testes físicos que os habilita a continuar atuando em partidas de competições internacionais e da CBF. A atividade foi realizada na cidade de Jundiaí e faz parte da programação do 14º Curso RAP-FIFA para Árbitros de Elite, evento organizado pela Escola Nacional de Arbitragem (ENAF) que acontece até o próximo dia 8 (sexta-feira), em Águas de Lindoia, no interior de São Paulo.

O RAP (Abreviação da expressão em inglês Referees Assistance Programme ou Programa de Assistência para Árbitros), reunirá todo o quadro de árbitros FIFA nacional. Nos testes desta manhã, apenas dois árbitros foram reprovados, 5% dos participantes. O grupo passou por atividades que avaliaram a velocidade e a resistência dos participantes, e dão um panorama do condicionamento físico atual dos donos do apito.

A partir das 18h, já em Águas de Lindoia, os árbitros e árbitros assistentes dão início à programação do Curso RAP. Durante quatro dias, eles terão aulas práticas e teóricas com instrutores internacionais e nacionais, sob a supervisão de Jorge Larrionda, instrutor técnico da FIFA e membro da Comissão de Árbitros da Conmebol.

Confira abaixo a lista de participantes do 14º Curso RAP-FIFA

Anderson Daronco – RS
Alessandro Álvaro Rocha de Matos – BA
Dewson Fernando Freitas da Silva – PÁ
Bruno Boschilia – PR
Luiz Flávio de Oliveira – SP
Bruno Raphael Pires – GO
Raphael Claus – SP
Danilo Ricardo Simon Manis – SP
Ricardo Marques Ribeiro – MG
Fabricio Vilarinho da Silva – GO
Rodolpho Toski Marques – PR
Guilherme Dias Camilo – MG
Wagner Magalhães – RJ
Kleber Lúcio Gil – SC
Wilton Pereira Sampaio – GO
Rodrigo Figueiredo Henrique Corrêa – RJ

Cláudio Francisco Lima e Silva – SE
Clóvis Amaral da Silva – PE
Eduardo Tomaz de Aquino Valadão – GO
Elicarlos Franco de Oliveira – BA
Flavio Rodrigues de Souza – SP
Luiz Claudio Regazone – RJ
Rafael Traci – PR
Miguel Cataneo Ribeiro da Costa – SP
Rodrigo Batista Raposo – DF

Rafael da Silva Alves -RS
Vinicius Gonçalves Dias Araújo – SP
Rogerio Pablos Zanardo – SP
Victor Hugo Imazu dos Santos -PR

Deborah Cecília Cruz Correia -PÉ
Márcia Bezerra Lopes Caetano – RO
Edina Alves Batista -PR
Neuza Inês Back -SC
Regildenia de Holanda Moura -SP
Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo -SP
Rejane Caetano da Silva – RJ
Katiuscia da Mota Lima – SP
Daiane Caroline Muniz do Santos – MS
Thayslane de Melo Costa – SE
Leila Naiara Moreira da Cruz- DF

http://www.cbf.com.br/noticias/arbitragem/arbitros-de-elite-sao-aprovados-em-testes-fisicos#.WbJgy8iGPIV