Sem palavras!

Dear friend Sergio!

Thank you very much for your message and kind words.

It took me a night trying to find the right words. I saw your message with great sadness and it is hard for me to realise the new situation. Brazilian football and VAR without you and Manuel is currently unthinkable. We met at the very first VAR meetings and you provided so many unforgettable moments. The footprints you leave are bigger than Brazil! You can be very proud of all this. It has always been a pleasure to work with you and throughout all my years in VAR I never met such a positive, engaged, fair, reliable and competent person in one as you!

Thank you very much for all your support and the excellent work you have done. I will never forget our time and cooperation and we will meet for sure again!

Big hug my friend. You are an amazing person!

Wilson Seneme assume comissão de arbitragem !

7/04/2022 às 14:00 | Assessoria CBF

Com seis anos de experiência no comando da arbitragem da CONMEBOL, ex-árbitro brasileiro foi apresentado pelo Presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues.

Wilson Seneme é o novo presidente da Comissão de Arbitragem da CBF. O ex-árbitro foi anunciado oficialmente para ocupar o cargo nesta quinta-feira (7) pelo Presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, após reunião na Casa do Futebol Brasileiro.

Integrante do Comitê de Arbitragem da FIFA, Seneme assume o posto na CBF após seis anos de trabalho como presidente da Comissão de Árbitros da CONMEBOL. Durante sua passagem pela entidade sul-americana, o brasileiro foi responsável pela reformulação do quadro de árbitros das competições continentais, bem como pela implantação da ferramenta árbitro de vídeo nos campeonatos de seleções e clubes organizados pela CONMEBOL.

“Primeiramente, quero dar as boas vindas ao Seneme e desejar sucesso à frente da arbitragem brasileira. Confiamos muito na sua experiência e credibilidade. Agradeço pela receptividade do convite, que não foi de agora. A gente já estava trabalhando nessa reestruturação da arbitragem brasileira desde dezembro. E também, nesse momento em que você chega para dar sequência a esse trabalho, quero agradecer muito todo o desprendimento que teve nosso colega e amigo Alejandro Domínguez, Presidente da CONMEBOL, que foi muito compreensivo e entendeu a situação, que realmente é para melhorar a qualidade da arbitragem da América do Sul”, declarou o Presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues.

“Eu agradeço, Presidente, as palavras e a confiança. O que a gente pode prometer é muito trabalho. Resgatar essa credibilidade que queremos para a arbitragem brasileira. Muito obrigado pela oportunidade!”, afirmou Seneme.

Formado em Educação Física, Wilson Seneme começou sua trajetória na arbitragem em 1998. Formou-se árbitro pela Federação Paulista de Futebol no ano seguinte e, em 2000, passou a integrar o quadro de árbitros da CBF. Sua estreia no Brasileirão foi em 2001 e, pouco tempo depois, Seneme já figurava entre os principais árbitros do país.

Em 2006, Seneme ingressou no quadro da FIFA. Ao todo, foram 31 jogos internacionais e 458 partidas no futebol brasileiro, com 175 atuações na Série A. Após uma carreira de muito sucesso e prestígio, Wilson Seneme se aposentou em 2014. Dois anos depois, foi nomeado como Chefe da Comissão de Árbitros da CONMEBOL, cargo que ocupou até este ano.

Presente ao encontro, o ex-presidente interino da Comissão de Arbitragem, Alício Pena Jr, recebeu o agradecimento do Presidente da CBF pela dedicação com que exerceu o cargo:

“Agradeço toda a continuidade do trabalho que foi feito pelo Alício Pena Jr., que nesse período como interino fez o seu melhor. A gente agradece porque é exatamente o nível que o Seneme vai encontrar, para então colocar seu DNA na arbitragem nacional”.

Comissão de Arbitragem da CBF reestruturada

25/04/2022 às 20:06 | Assessoria CBF

Mudanças fazem parte do processo de reestruturação da Comissão de Arbitragem da CBF

A Confederação Brasileira de Futebol informa que, a partir desta data, não fazem mais parte dos quadros da Comissão de Arbitragem da CBF os profissionais Sérgio Corrêa (foi Presidente da Comissão de Arbitragem e Gerente do Projeto VAR), Marcos Marinho (foi Presidente da Comissão de Arbitragem e Chefe do Centro de Desenvolvimento da Arbitragem), Manoel Serapião (foi Ouvidor da Arbitragem e Diretor-Presidente da Escola Nacional de Arbitragem), Almir Mello, José Roberto Wright e Nilson Monção (foram Analistas do Centro de Desenvolvimento da Arbitragem), Cláudio Vinícius Cerdeira (ex-integrante da Comissão de Arbitragem), José Mocellin (ex-Coordenador Nacional da Instrução) e Érika Krauss (ex-secretária da Escola Nacional de Arbitragem), além da psicóloga Marta Magalhães.

As mudanças fazem parte do processo de reestruturação da Comissão de Arbitragem da CBF, cujo novo presidente, Wilson Seneme, tomou posse no último dia 7 de abril. A CBF agradece aos profissionais pelos serviços prestados, desejando êxito em seus próximos desafios.

Opinião SCS: Temos grandes nomes no Brasil para dar sequência ao trabalho. Na semana que vem, os novos responsáveis pelo apito brasileiro serão anunciados e aí poderemos comentar um pouco sobre eles!

Final feliz!

Finalizado meu ciclo na CBF, após 17 anos de atividades intensas venho a sua presença para registrar minha gratidão.

O atual presidente da CBF declarou em 12 de novembro de 2021 que o setor passaria por uma reestruturação e, em 7 de abril de 2022, Wilson Seneme aceitou o desafio e assinou um contrato de 4 anos.

Um nome que tivemos o prazer de colaborar na transição da função de árbitro para a de dirigente, em 2014.

Depois de 6 anos, retorna ao Brasil com mais prestigio, experiente na gestão nacional e internacional. Atributos de grande árbitro e que realizou um trabalho reconhecido na Conmebol. Aplaudimos a escolha e apoiaremos, mesmo fora de funções adminstrativas.

Venho a público externar meus agradecimentos aos que tiveram confiança, nos deram apoio, conselhos e amizades que nos fizeram trabalhar durante quase duas décadas.

Lógico que – junto com muitos companheiros – trabalhamos e ajudamos na elevação da qualidade técnica, física e mental dos árbitros, instrutores e assessores que são reconhecidos por muitos.

Hoje temos um Centro de Excelência em plena condições de realizar 10 partidas remotamente. Um sonho que entregamos para a nova administração.

No primeiro dia que ingressei na CBF, em 28/10/2005, também foi realizada reestruturação pós-escândalo do apito, o então presidente da comissão, Dr. Édson Rezende disse: “Na arbitragem precisamos sempre selecionar Homens com H; que sejam sérios, pois o futebol assim exige e merece.”

Nos perdoe alguma falha, omissão ou algum ato, pois não foi intencional.

Muito, muito obrigado por tudo!

Estou feliz e espero que Wilson Seneme, sua nova equipe, nossos grandes árbitros, instrutores, etc. sigam evoluindo e elevando a qualidade da arbitragem brasileira e isto repercuta nos estados.

Que o trabalho seja sempre em prol do futebol de maneira geral e da arbitragem em particular.

Sem mais palavras, apenas nossa eterna gratidão!

Sempre em frente!

O ciclo terminou. A vida continuará … e vamos tentar terminar nosso livro e/ou escrever sobre o tema arbitragem, porém com calma e sem presssa.

Tudo isto, claro, se não houver impedimentos e principalmente se o nosso Pai Celestial permitir !

Sérgio Corrêa, um servidor de futebol!