Final feliz!

Finalizado meu ciclo na CBF, após 17 anos de atividades intensas venho a sua presença para registrar minha gratidão.

O atual presidente da CBF declarou em 12 de novembro de 2021 que o setor passaria por uma reestruturação e, em 7 de abril de 2022, Wilson Seneme aceitou o desafio e assinou um contrato de 4 anos.

Um nome que tivemos o prazer de colaborar na transição da função de árbitro para a de dirigente, em 2014.

Depois de 6 anos, retorna ao Brasil com mais prestigio, experiente na gestão nacional e internacional. Atributos de grande árbitro e que realizou um trabalho reconhecido na Conmebol. Aplaudimos a escolha e apoiaremos, mesmo fora de funções adminstrativas.

Venho a público externar meus agradecimentos aos que tiveram confiança, nos deram apoio, conselhos e amizades que nos fizeram trabalhar durante quase duas décadas.

Lógico que – junto com muitos companheiros – trabalhamos e ajudamos na elevação da qualidade técnica, física e mental dos árbitros, instrutores e assessores que são reconhecidos por muitos.

Hoje temos um Centro de Excelência em plena condições de realizar 10 partidas remotamente. Um sonho que entregamos para a nova administração.

No primeiro dia que ingressei na CBF, em 28/10/2005, também foi realizada reestruturação pós-escândalo do apito, o então presidente da comissão, Dr. Édson Rezende disse: “Na arbitragem precisamos sempre selecionar Homens com H; que sejam sérios, pois o futebol assim exige e merece.”

Nos perdoe alguma falha, omissão ou algum ato, pois não foi intencional.

Muito, muito obrigado por tudo!

Estou feliz e espero que Wilson Seneme, sua nova equipe, nossos grandes árbitros, instrutores, etc. sigam evoluindo e elevando a qualidade da arbitragem brasileira e isto repercuta nos estados.

Que o trabalho seja sempre em prol do futebol de maneira geral e da arbitragem em particular.

Sem mais palavras, apenas nossa eterna gratidão!

Sempre em frente!

O ciclo terminou. A vida continuará … e vamos tentar terminar nosso livro e/ou escrever sobre o tema arbitragem, porém com calma e sem presssa.

Tudo isto, claro, se não houver impedimentos e principalmente se o nosso Pai Celestial permitir !

Sérgio Corrêa, um servidor de futebol!

Autor: Sérgio Corrêa

Árbitro na Federação Paulista de Futebol (1981-2001) e da Confederação Brasileira de Futebol (1989 a 2001); Ocupou cargos administrativos no Sindicato dos dos Árbitros de futebol-SP, entre 1990-93 e 1996-03, Eleito e reeleito presidente para dois mandatos: o primeiro compreendido entre 03/02/2003 a 08/04/207 e o segundo, de 09/04/2007 a 08/04/2011. Deixou a função para assumir a presidência da CA-CBF. Pela Associação Nacional dos Árbitros de Futebol ocupou os cargos de secretário-geral, entre 25/10/1997 e 13/05/2003. Na Comissão de Arbitragem da CBF, foi secretário-geral entre 28/10/2005 e 06/08/2007. Nomeado presidente da CA-CBF em duas oportunidades, a primeira entre 07/08/2007 a 22/08/2012, e a segunda, de 13/05/2014 a 28/09/2016. Também foi diretor-presidente da Escola Nacional de Arbitragem de Futebol, entre 07/01/2013 a 12/05/2014. Chefiou o DA de 22/08/12 a 25/04/22 e liderou o projeto de árbitro assistente de vídeo junto a FIFA de 15/09/2015 a 25/04/2022. Retornei do Rio de Janeiro, em 28/04/2022. Missão cumprida !

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: