67 min e 21 seg.

BRASILEIRÃO 2016

26/07/2016 às 17:57 | Assessoria CBF

49 partidas com tempo ideal de bola em jogo

O Brasileirão deste ano já tem 49 partidas com mais de 60 minutos de bola rolando, tempo ideal apontado pela FIFA. Comparado às últimas edições, o crescimento é notável. Em 2015, depois da 16ª rodada, 25 jogos tinham alcançado com o índice. No ano anterior, nesse mesmo momento da competição, apenas nove confrontos estavam no patamar desejado.

Nesta última rodada, o jogo que mais fluiu foi Vitória 2 x 3 Santos, com 67’21. Na sequência, vêm Corinthians 1 x 1 Figueirense, Santa Cruz 0 x 1 Coritiba e Grêmio 1 x 0 São Paulo. Confira os dados utilizados pela Comissão de Arbitragem da CBF, que tomou uma série de medidas para melhorar o espetáculo do futebol para os torcedores no estádio e aqueles que assistem às transmissões.

BRASILEIRO Serie A 2016
Jogos: 160

Cartões amarelos:
2015: 777 (4,86 por partida)
2016: 723 (4,52)

Cartões vermelhos:
2015: 45 (0,28)
2016: 40 (0,25)

Faltas:
2015: 4495 (28,09)
2016: 4866 (30,41)

Tempo médio de bola rolando:
2014: 52’27” (total)
2015: 54’05” (total)
2016: 55’50” (160 jogos)

Jogos acima de 60 minutos
(16 rodadas)
2014: 09
2015: 25
2016: 49

Nesta 16ª rodada: 4 jogos
1) Vitória x Santos: 67’21”
2) Corinthians x Figueirense: 67’18”
3) Santa Cruz x Coritiba: 66’37”
4) Grêmio x São Paulo: 60’41”

Dados: Leonardo Gaciba

http://www.cbf.com.br/noticias/arbitragem/49-partidas-com-tempo-ideal-de-bola-em-jogo#.WJJ0x_nhDIU

Autor: Sérgio Corrêa

Árbitro na Federação Paulista de Futebol (1981-2001) e da Confederação Brasileira de Futebol (1989 a 2001); Ocupou cargos administrativos nos sindicatos entre 1990-93 e 1996-03, Eleito e reeleito presidente para dois mandatos: o primeiro compreendido entre 03/02/2003 a 08/04/207 e o segundo, de 09/04/2007 a 08/04/2011. Deixou a função para assumir a presidência da CA-CBF. Pela Associação Nacional dos Árbitros de Futebol ocupou os cargos de secretário-geral, entre 25/10/1997 e 13/05/2003. Já, na Comissão de Arbitragem, foi secretário-geral entre 25/10/2005 e 06/08/2007. Nomeado presidente da CA-CBF em duas oportunidades, a primeira entre 07/08/2007 a 22/08/2012, a segunda, de 13/05/2014 a 28/09/2016. Também foi diretor-presidente da Escola Nacional de Arbitragem de Futebol, entre 07/01/2013 a 12/05/2014. Atualmente, continua chefiando o DA (desde 22/08/12) e lidera o projeto de árbitro assistente de vídeo, nomeado junto a FIFA desde 15/09/2015.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: