Dois árbitros na Série-A1

Sessenta e um jogos, ou 92,2% dos disputados nos Aspirantes, tiveram mais de 60 minutos de jogo, o ideal sugerido pela Fifa

Dou uma pausa nos posts da década de 80 para o último ano antes do Século 21, nos deparamos com esta notícia publicada no Diário do Grande ABC, em 21/05/1999 sobre dois árbitros em campo:
Juízes vao resistir à dupla arbitragem, prevê Duprat
 A dupla arbitragem no Campeonato Paulista do ano 2000 já está liberada pela Fifa e confirmada pelo presidente da Federaçao Paulista de Futebol (FPF), Eduardo José Farah. A mudança, no entanto, sofrerá resistências por parte dos próprios árbitros. A previsao é de Renato Duprat Filho presidente da Comissao de Arbitragem da FPF.

“Há a questao da vaidade porque, agora, os dois terao de dividir o espaço, o poder”, comenta Duprat. “Eles vao alegar também que os temperamentos de cada um sao diferentes.” Segundo Duprat, a inovaçao, considerada um sucesso no atual Campeonato de Aspirantes, já será vista em jogos de equipes principais em outubro, como forma de experiência. Em janeiro de 2000, ela ganhará mais força em Sao Paulo. Há três meses, Farah e Duprat estiveram na sede da Fifa, em Zurique, na Suíça, para mostrar que o teste com os aspirantes foi um sucesso. Neste campeonato, cada árbitro ficava em uma metade do campo.

A Fifa, porém, liberou a experiência em competiçoes principais, já para o segundo semestre do ano,com os dois árbitros juntos por todas as partes do campo.

“Nao dá para comparar um campeonato de aspirantes com um principal”, rebate Oscar Roberto de Godói, da elite da arbitragem paulista. “Só a prática vai dizer se vai funcionar a dupla arbitragem no Paulista.” Godói é favorável à presença de um árbitro em cada metade do campo, o que, efetivamente, nao vai acontecer. “Faremos muitos testes para saber qual a melhor maneira de os árbitros atuarem juntos”, afirma Duprat.

“Acredito que nao haverá problemas de adaptaçao porque nossos árbitros têm bastante jogo de cintura.”

Benefícios – Conclusoes da Escola de Arbitros da FPF, ao fim da primeira fase do Campeonato de Aspirantes, mostram que a idéia teve benefícios para o futebol – mais tempo de bola em jogo, maior proximidade do lance e menor desgaste dos árbitros. “Com dois árbitros, cada um em uma metade do campo, foi possível acompanhar os lances a uma distância máxima de dez metros”, disse Gustavo Caetano Rogério, diretor da Escola de Arbitros. “O índice de acertos aumentou.”

Segundo Rogério, o número de pênaltis marcados corretamente também aumentou e o atleta que costuma “cavar” as faltas dentro da área ficou inibido. A maior proximidade também diminuiu a chamada “cera” – nas cobranças de tiro-de-meta, por exemplo, um árbitro fica no centro do campo e o outro próximo do goleiro. Com menos cera, houve, como conseqüência, mais tempo de bola rolando. Sessenta e um jogos, ou 92,2% dos disputados nos Aspirantes, tiveram mais de 60 minutos de jogo, o ideal sugerido pela Fifa.

Rogério lembra ainda que um estudo médico feito, certa vez, pelo fisiologista Turibio Leite de Barros Neto, do Sao Paulo, mostrou que o árbitro tem reduzida a oxigenaçao a 15 minutos do fim do jogo. “Ele sofre um grande desgaste, fica tenso, erra mais”, emenda Rogério. Para ele, um dos grandes problemas da arbitragem atualmente é diferença de condicionamento físico entre os árbitros e os atletas profissionais. “A dupla arbitragem amenizaria o problema.”

No Campeonato de Aspirantes, 31 árbitros foram testados, com a nota média pelo desempenho de 7,23. Sao juízes com no máximo três anos de apito, possivelmente árbitros de talento em um futuro breve, como projeta Rogério. Assim como Duprat, Rogério nao vê problemas de adaptaçao para os árbitros que estao acostumados a trabalhar sozinhos em campo. “Tecnicamente, a orientaçao será diferente”, explica. “Sao novas formas de colocaçao e movimentaçao.” Duprat lembra que um dos dois árbitros vai correr na linha do assistente, formando um triângulo com o companheiro.

Em 23 de janeiro de 2000, a Folha de São Paulo publicou:

Fórmula é para a primeira fase
FPF testa dois árbitros na Série-A1

da Folha Campinas

A FPF (Federação Paulista de Futebol) começa hoje a testar no Campeonato Paulista da Série A-1 jogos com dois árbitros atuando numa mesma partida. A intenção é melhorar a performance das arbitragens.

O uso de dois juízes numa mesma partida já foi testada em amistosos e dividiu as opiniões entre treinadores e dirigentes.

Para se prevenir, a Ponte Preta realizou amistosos com dois árbitros dirigindo a partida contra o Ituano.

Já o Guarani, que jogou contra o Bragantino e Ituano, fez amistosos “tradicionais”, ou seja, com apenas um árbitro em campo.

De acordo com a FPF, até segunda ordem, só na primeira fase do estadual, quando não jogam Corinthians, Santos, Palmeiras e São Paulo, os dois árbitros estão garantidos.

Estão escalados dois árbitros para os seguintes jogos da região de Campinas: Ponte Preta e Internacional, em Campinas; União São João de Araras e Mogi Mirim, em Araras; Rio Branco e União Barbarense, em Americana; e América e Guarani, em São José do Rio Preto.

 

 

 

Autor: Sérgio Corrêa

Árbitro na Federação Paulista de Futebol (1981-2001) e da Confederação Brasileira de Futebol (1989 a 2001); Ocupou cargos administrativos nos sindicatos entre 1990-93 e 1996-03, Eleito e reeleito presidente para dois mandatos: o primeiro compreendido entre 03/02/2003 a 08/04/207 e o segundo, de 09/04/2007 a 08/04/2011. Deixou a função para assumir a presidência da CA-CBF. Pela Associação Nacional dos Árbitros de Futebol ocupou os cargos de secretário-geral, entre 25/10/1997 e 13/05/2003. Já, na Comissão de Arbitragem, foi secretário-geral entre 25/10/2005 e 06/08/2007. Nomeado presidente da CA-CBF em duas oportunidades, a primeira entre 07/08/2007 a 22/08/2012, a segunda, de 13/05/2014 a 28/09/2016. Também foi diretor-presidente da Escola Nacional de Arbitragem de Futebol, entre 07/01/2013 a 12/05/2014. Atualmente, continua chefiando o DA (desde 22/08/12) e lidera o projeto de árbitro assistente de vídeo, nomeado junto a FIFA desde 15/09/2015.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s