Trio de arbitragem será o Brasil na semifinal da Copa do Mundo Feminina

https://www.cbf.com.br/a-cbf/informes/arbitragem/trio-de-arbitragem-sera-o-brasil-na-semifinal-da-copa-do-mundo-feminino

01/07/2019 às 18:17 | Assessoria CBF

Presidente da Comissão de Arbitragem da CBF, Leonardo Gaciba, exaltou escolha do trio brasileiro para comandar o jogo entre Estados Unidos e Inglaterra, em Lyon

Trio brasileiro de arbitragem será o Brasil na semifinal da Copa do Mundo - Edina Alves, Neuza Back e Tatiane Camargo

Créditos: Rodrigo Corsi/FPF

“A arbitragem brasileira está em festa”, assim definiu Leonardo Gaciba, presidente da Comissão de Arbitragem da CBF. O motivo cabe uma justa comemoração, o trio de arbitragem composto por Edina Alves, Neuza Back e Tatiane Camargo será o Brasil em campo na semifinal da Copa do Mundo Feminina. Nesta terça-feira (2), elas comandarão a partida entre Estados Unidos e Inglaterra, no Estádio de Lyon, em Lyon, às 16h (Horário do Brasil). 

– Estamos muito contentes com a conquista das meninas apitando a semifinal da Copa do Mundo. Um jogo de tamanha importância. Estamos todos na torcida e muito tranquilos, elas foram muito bem preparadas, estão no melhor momento da carreira, e todas estão trabalhando de uma forma muito coesa. Acredito em uma grande atuação – ressalta Leonardo Gaciba.

A semifinal da Copa do Mundo será o quarto jogo comandado pelo trio brasileiro. A estreia foi na vitória da Holanda por 1 a 0 sobre a Nova Zelândia, na primeira rodada do Grupo E. Depois, apitaram o empate sem gols entre Espanha e China, pela última rodada do Grupo B. Nas quartas de final, estiveram em campo na classificação da Itália sobre a China, após uma vitória por 2 a 0.

Trio de arbitragem será o Brasil na semifinal da Copa do Mundo FemininaTrio de arbitragem será o Brasil na semifinal da Copa do Mundo Feminina
Créditos: FIFA/Getty Image

Veja mais: Edina Alves será primeira árbitra na Série A em mais de uma década

Com um currículo cheio de experiências, as árbitras brasileiras já apitaram importantes competições do futebo feminino, como a Copa do Mundo Sub-17 da Jordânia 2016 e do Uruguai 2018, e também o Mundial Feminino Sub-20 da Papua Nova Guiné 2016 e da França 2018. A preparação para a Copa começou lá atrás, em 2015, quando a FIFA iniciou o projeto de arbitragem de mulheres da Road to France 2019.

Trio de arbitragem será o Brasil na semifinal da Copa do Mundo FemininaTrio de arbitragem será o Brasil na semifinal da Copa do Mundo Feminina
Créditos: FIFA/Getty Image

Autor: Sérgio Corrêa

Árbitro na Federação Paulista de Futebol (1981-2001) e da Confederação Brasileira de Futebol (1989 a 2001); Ocupou cargos administrativos nos sindicatos entre 1990-93 e 1996-03, Eleito e reeleito presidente para dois mandatos: o primeiro compreendido entre 03/02/2003 a 08/04/207 e o segundo, de 09/04/2007 a 08/04/2011. Deixou a função para assumir a presidência da CA-CBF. Pela Associação Nacional dos Árbitros de Futebol ocupou os cargos de secretário-geral, entre 25/10/1997 e 13/05/2003. Já, na Comissão de Arbitragem, foi secretário-geral entre 25/10/2005 e 06/08/2007. Nomeado presidente da CA-CBF em duas oportunidades, a primeira entre 07/08/2007 a 22/08/2012, a segunda, de 13/05/2014 a 28/09/2016. Também foi diretor-presidente da Escola Nacional de Arbitragem de Futebol, entre 07/01/2013 a 12/05/2014. Atualmente, continua chefiando o DA (desde 22/08/12) e lidera o projeto de árbitro assistente de vídeo, nomeado junto a FIFA desde 15/09/2015.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s