IFAB autoriza uso do VAR

Dois dias depois do regular pedido e análise de todo processo, o…

Por Vicente Seda — Rio de Janeiro

 


Pela primeira vez em sua história o Campeonato Carioca terá auxílio do vídeo nas decisões da arbitragem — Foto: Thayuan LeirasPela primeira vez em sua história o Campeonato Carioca terá auxílio do vídeo nas decisões da arbitragem — Foto: Thayuan Leiras

Pela primeira vez em sua história o Campeonato Carioca terá auxílio do vídeo nas decisões da arbitragem — Foto: Thayuan Leiras

A International Football Association Board (IFAB), o órgão que regula as regras do esporte, enviou nesta quinta-feira à Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) a documentação necessária para autorização do VAR, o árbitro de vídeo, nas semifinais da Taça Guanabara. Era o último passo para confirmação do uso da tecnologia no Campeonato Carioca 2019. Nesta sexta-feira, será realizado, de acordo com o protocolo, um evento-teste no Maracanã, às 17h, envolvendo duas equipes Sub-17 do mandante da partida de sábado, o Flamengo.

Para o Fla-Flu, Bruno Arleu está escalado para o VAR, ao lado de Rodrigo Figueiredo Henrique Corrêa e Alexandre Vargas Tavares de Jesus. O árbitro no campo será Rodrigo Carvalhães. Já a partida entre Vasco e Resente terá Rodrigo Nunes de Sá no gramado. No VAR estarão Carlos Eduardo Nunes Braga, Diogo Carvalho Silva e Pathrice Wallace Correia Maia

O Carioca terá o árbitro de vídeo em 10 partidas, com custo de R$ 28 mil por jogo bancado pela Ferj. Em 2020, sem necessidade de novo treinamento, o custo cairá para R$ 25 mil.

Confira abaixo a escala completa dos árbitros para as duas semifinais da Taça Guanabara:

Escala dos árbitros e dos árbitros de vídeo para as duas semifinais da Taça GB — Foto: ReproduçãoEscala dos árbitros e dos árbitros de vídeo para as duas semifinais da Taça GB — Foto: Reprodução

Escala dos árbitros e dos árbitros de vídeo para as duas semifinais da Taça GB — Foto: Reprodução

Autor: Sérgio Corrêa

Árbitro na Federação Paulista de Futebol (1981-2001) e da Confederação Brasileira de Futebol (1989 a 2001); Ocupou cargos administrativos nos sindicatos entre 1990-93 e 1996-03, Eleito e reeleito presidente para dois mandatos: o primeiro compreendido entre 03/02/2003 a 08/04/207 e o segundo, de 09/04/2007 a 08/04/2011. Deixou a função para assumir a presidência da CA-CBF. Pela Associação Nacional dos Árbitros de Futebol ocupou os cargos de secretário-geral, entre 25/10/1997 e 13/05/2003. Já, na Comissão de Arbitragem, foi secretário-geral entre 25/10/2005 e 06/08/2007. Nomeado presidente da CA-CBF em duas oportunidades, a primeira entre 07/08/2007 a 22/08/2012, a segunda, de 13/05/2014 a 28/09/2016. Também foi diretor-presidente da Escola Nacional de Arbitragem de Futebol, entre 07/01/2013 a 12/05/2014. Atualmente, continua chefiando o DA (desde 22/08/12) e lidera o projeto de árbitro assistente de vídeo, nomeado junto a FIFA desde 15/09/2015.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s