Ressaltando a importância do programa de aprimoramento físico da arbitragem, o professor Luiz Carlos Salvadeu elogiou o trabalho de pré-temporada implementado junto aos árbitros capixaba.

– Este projeto foi pensado com o objetivo de os árbitros alcançarem uma condição física semelhante a dos atletas profissionais – avaliou Luiz Carlos Salvadeu.

A metodologia dos treinamentos consiste em exercícios que focam tanto na parte aeróbica quanto nas anaeróbicas. As atividades tem o objetivo de aprimorar qualidades como: agilidade, resistência muscular, força, potência e poder de reação.

http://www.cbf.com.br/noticias/fala-federacao/fes-investe-em-preparacao-fisica-dos-arbitros#.WJkBBfnhDIU