Foi pênalti claríssimo“

Para CBF, juiz acertou ao marcar pênalti para o Corinthians

reclamação do Sport , manifestada em seu site oficial, contra a arbitragem do paulista Luiz Flavio de Oliveira, no jogo da noite de quarta-feira, em que o time de Pernambuco perdeu para o Corinthians por 4 a 3 , não vai ecoar na CBF.

Segundo o presidente da Comissão Nacional de Arbitragem da entidade, Sergio Correa, não houve polêmica nenhuma na partida.

O lance do pênalti no final do jogo nem tem o que discutir. Foi pênalti claríssimo“, disse. Para os jogadores do Sport, a decisão do árbitro foi equivocada. Argumentam que não havia como o volante Rithely manter os braços colados ao corpo, ao entrar de carrinho numa jogada dentro da area.

Sergio Correa ressaltou que defende há meses a indicação de árbitros locais para jogos do Brasileiro e afirmou que vai manter a medida. Em Corinthians x Sport, disputado em Itaquera, o trio de arbitragem era de São Paulo e gerou protestos do Sport antes mesmo da partida. “A outra possibilidade do sorteio desse jogo era o quarteto todo de Pernambuco. Temos que parar de reclamar, isso já vem sendo feito desde o ano passado“, declarou.

O dirigente contou que só neste ano de 2015, na Série A do Brasileiro, já escalou 17 vezes árbitros locais. “Temos que mostrar a capacidade, a competência e a honestidade deles. Isso faz bem para o futebol brasileiro.

Ao comentar lance idêntico, ocorrido na rodada do fim de semana, no jogo entre Corinthians x São Paulo, quando a bola bateu no braço do corintiano Uendel, em chute de Wesley, Correa disse que o árbitro Leandro Vuaden errou ao não assinalar pênalti a favor do São Paulo . “O atleta girou o corpo na hora do chute e impossibilitou a visão do árbitro. Mas errar é humano.”

Fonte Terra

Autor: Sérgio Corrêa

Árbitro na Federação Paulista de Futebol (1981-2001) e da Confederação Brasileira de Futebol (1989 a 2001); Ocupou cargos administrativos nos sindicatos entre 1990-93 e 1996-03, Eleito e reeleito presidente para dois mandatos: o primeiro compreendido entre 03/02/2003 a 08/04/207 e o segundo, de 09/04/2007 a 08/04/2011. Deixou a função para assumir a presidência da CA-CBF. Pela Associação Nacional dos Árbitros de Futebol ocupou os cargos de secretário-geral, entre 25/10/1997 e 13/05/2003. Já, na Comissão de Arbitragem, foi secretário-geral entre 25/10/2005 e 06/08/2007. Nomeado presidente da CA-CBF em duas oportunidades, a primeira entre 07/08/2007 a 22/08/2012, a segunda, de 13/05/2014 a 28/09/2016. Também foi diretor-presidente da Escola Nacional de Arbitragem de Futebol, entre 07/01/2013 a 12/05/2014. Atualmente, continua chefiando o DA (desde 22/08/12) e lidera o projeto de árbitro assistente de vídeo, nomeado junto a FIFA desde 15/09/2015.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s