Três delegados especiais – B

RODADA DECISIVA

27/11/2014 às 21:31 | Assessoria CBF

Comissão de Arbitragem escala três delegados especiais para decisões na Série B

A 38ª rodada do Campeonato Brasileiro – Série B, decisiva para a definição de posições nas partes de cima e de baixo da tabela, terá todos os jogos disputados no sábado.

Para evitar e prevenir quaisquer tentativas de atraso, a Comissão de Arbitragem da CBF tomou uma série de providências, traduzidas em circulares com orientações que foram envidadas a todos os envolvidos – árbitros, assistentes, quarto assessor local e mais dois delegados especiais de outros estados – para que haja o estrito cumprimento das normas previstas no Regulamento Geral das Competições e no Regulamento Específico das Competições, entre elas a observância do cumprimento do horário. Eles estarão atentos a todas as situações no estádio.

Esta terminantemente proibido qualquer acesso ao vestiário da arbitragem.

Entre as várias orientações contidas nas circulares, destacamos as seguintes:

– apresentação dos árbitros um dia antes do jogo;

– análise do Regulamento Geral das Competições, com ênfase em alguns artigos, e do Regulamento Específico das Competições;

– vídeo e resumos das partidas envolvidas;

– chegada da arbitragem aos estádios com duas horas e trinta minutos de antecedências, para realizar as vistorias de praxe;

– fazer gestões no sentido da entrada das equipes nos horários de início e reinício programados;

– para evitar coincidência de uniformes, preencher o formulário correspondente com antecedência, com assinatura dos responsáveis pelas informações;

– comparecimento do delegado especial e do quarto árbitro aos vestiários uma hora antes do início do jogo, para prevenir sobre percalços.

O mesmo procedimento será adotado nas partidas finais da Série A.

http://www.cbf.com.br/noticias/arbitragem/comissao-de-arbitragem-escala-tres-delegados-especiais-para-decisoes-na-serie-b#.WJEvr_nhDIU

Autor: Sérgio Corrêa

Árbitro na Federação Paulista de Futebol (1981-2001) e da Confederação Brasileira de Futebol (1989 a 2001); Ocupou cargos administrativos nos sindicatos entre 1990-93 e 1996-03, Eleito e reeleito presidente para dois mandatos: o primeiro compreendido entre 03/02/2003 a 08/04/207 e o segundo, de 09/04/2007 a 08/04/2011. Deixou a função para assumir a presidência da CA-CBF. Pela Associação Nacional dos Árbitros de Futebol ocupou os cargos de secretário-geral, entre 25/10/1997 e 13/05/2003. Já, na Comissão de Arbitragem, foi secretário-geral entre 25/10/2005 e 06/08/2007. Nomeado presidente da CA-CBF em duas oportunidades, a primeira entre 07/08/2007 a 22/08/2012, a segunda, de 13/05/2014 a 28/09/2016. Também foi diretor-presidente da Escola Nacional de Arbitragem de Futebol, entre 07/01/2013 a 12/05/2014. Atualmente, continua chefiando o DA (desde 22/08/12) e lidera o projeto de árbitro assistente de vídeo, nomeado junto a FIFA desde 15/09/2015.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: