Leonardo Gaciba …

…apresenta resultados do VAR na Brasil Futebol Expo

Em curso na Brasil Futebol Expo, Presidente da Comissão de Arbitragem expõe números e fala sobre o desempenho do árbitro de vídeo no futebol brasileiro

FOTOS QUARTO DIA BRASIL FUTEBOL EXPO 2019.

Créditos: Matheus Tripoli/CBF

A arbitragem esteve em pauta na manhã do quarto dia da Brasil Futebol Expo, em São Paulo. Com a presença do Presidente da Comissão de Arbitragem da CBF, Leonardo Gaciba, os alunos puderam entender um pouco mais da realidade da arbitragem brasileira.

O curso falou especificamente da introdução da tecnologia na arbitragem brasileira. A chegada do árbitro de vídeo, que começou a ser utilizado em competições nacionais durante a Copa do Brasil de 2018, mudou a forma como se faz arbitragem no país. Neste ano, a novidade chegou ao Brasileirão e o futebol brasileiro hoje é líder no mundo em partidas com VAR: são 454 por temporada.

– Estou muito contente com o grande interesse do público em geral e, acima de tudo, com o retorno que o árbitro de vídeo está recebendo do público. Prova disso é o nosso stand sempre cheio e a plenária lotada. Estou achando muito interessante. Ontem nós passamos e tinham mais de 300 pessoas aqui no stand do árbitro de vídeo e mais de 300 pessoas experimentaram essa sensação. Quando sentam ali e dão uma experimentada, eles veem que a coisa não é tão simples assim quanto parece. Acho que o árbitro de vídeo veio para ficar. É uma grande revolução no futebol realmente e todo mundo está interessadíssimo, porque todo mundo nota a importância que ele tem hoje e não para a arbitragem brasileira, mas para o futebol brasileiro como um todo nessa correção dos erros capitais.

Ex-árbitro de Copa do Mundo, Carlos Eugênio Simon hoje é comentarista dos canais FOX Sports. Ele esteve ao lado de Jorge Rabello, da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro, e de Fernando França, Diretor de Tecnologia e Informação da CBF, para falar sobre esse o novo paradigma que se criou.

Contemporâneo de Gaciba, que hoje comanda a arbitragem de longe dos gramados, Simon vê com bons olhos a forma como o futebol brasileiro tem abraçado o projeto do VAR.

– Em primeiro lugar eu fico lisonjeado e agradecido por ter sido convidado aqui representando a Fox Sports e parabenizo o Rogério Caboclo, Presidente da CBF. Ontem já estive aqui e participei de algumas plenárias, grandes craques do futebol nacional, internacional, técnicos, imprensa. Eu acho muito valioso. Eu acho que isso é importante nesse retomada do crescimento do futebol brasileiro. Hoje nós falamos aqui, eu acabo de falar, o Leonardo Gaciba, Jorge Rabelo e o Leandro França, que é o da tecnologia da CBF sobre o VAR, a utilização do VAR. Eu sou extremamente favorável a uma ferramenta que veio para ficar, participei desse processo enquanto instrutor da FIFA em 2011, ai parei de apitar em 2010 e 2012 eu fui contratado no Fox Sports e estou há 7 anos como analista de arbitragem. Eu acho que a CBF está no caminho certo. Nós temos que evoluir tanto dentro do campo, quanto fora do campo. E para isso a comissão de arbitragem está se empenhando ao máximo. O Gaciba é uma pessoa competente e tem um enorme trabalho pela frente. O VAR veio aí para legitimar o resultado dos jogos – destacou Simon.

O uso da tecnologia não é um desafio somente para os árbitros. Montar a estrutura por trás desta ferramenta é parte essencial do projeto, que busca dar mais justiça ao jogo. São várias câmeras, fios e conexões para garantir uma decisão correta e rápida.

Diretor de TI da CBF, Fernando França falou sobre o tamanho do desafio para fornecer a infraestrutura necessária para a realização do projeto.

– Hoje o VAR está mostrando 98% de acerto em campo e isso aí não tem no mundo um número tão alto desse. Você vê que o nosso trabalho de tecnologia é bem árduo, exatamente para garantir essa tecnologia. Lembrando que o Brasil não é só um país, é um continente. Então a CBF está investindo muito. Nosso Presidente Rogério Caboclo não está medindo esforços e nem valores financeiros para que a gente faça um mapeamento e leve toda essa tecnologia em cada estádio onde acontece uma partida de futebol – avaliou França.

https://www.cbf.com.br/a-cbf/informes/index/leonardo-gaciba-apresenta-resultados-do-var-na-brasil-futebol-expo

Autor: Sérgio Corrêa

Árbitro na Federação Paulista de Futebol (1981-2001) e da Confederação Brasileira de Futebol (1989 a 2001); Ocupou cargos administrativos nos sindicatos entre 1990-93 e 1996-03, Eleito e reeleito presidente para dois mandatos: o primeiro compreendido entre 03/02/2003 a 08/04/207 e o segundo, de 09/04/2007 a 08/04/2011. Deixou a função para assumir a presidência da CA-CBF. Pela Associação Nacional dos Árbitros de Futebol ocupou os cargos de secretário-geral, entre 25/10/1997 e 13/05/2003. Já, na Comissão de Arbitragem, foi secretário-geral entre 25/10/2005 e 06/08/2007. Nomeado presidente da CA-CBF em duas oportunidades, a primeira entre 07/08/2007 a 22/08/2012, a segunda, de 13/05/2014 a 28/09/2016. Também foi diretor-presidente da Escola Nacional de Arbitragem de Futebol, entre 07/01/2013 a 12/05/2014. Atualmente, continua chefiando o DA (desde 22/08/12) e lidera o projeto de árbitro assistente de vídeo, nomeado junto a FIFA desde 15/09/2015.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s