Com apoio da CBF, IFAB realiza…

… visita técnica do VAR para Federações

Evento de três dias foi aberto nesta segunda-feira (19) no Rio de Janeiro e contou com autoridades de arbitragem da FIFA e da Conmebol

A visita técnica de Árbitro de Vídeo (VAR) da International Football Association Board (IFAB/FIFA) para Federações estaduais do Brasil foi iniciada nesta segunda-feira (19). Com o apoio da CBF, autoridades da FIFA e da Conmebol apresentam o protocolo necessário para usar a ferramenta e compartilham as experiências durante o processo de utilização nas partidas. O evento acontece em um hotel da Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro.

A programação foi aberta com a apresentação de Sérgio Corrêa, coordenador do VAR no Brasil, e contou com uma mesa formada por: Ricardo Bretas, gerente de planejamento de VAR da CBF, Wilson Seneme, presidente da Comissão de Arbitragem da Conmebol, Mauro Silva, vice-presidente do departamento de atletas e competições de Federação Paulista de Futebol, Dirk Schlemmer, gerente do departamento de Serviços de Futebol da IFAB, Marcos Marinho, presidente da Comissão de Arbitragem da CBF, e Ênio Gualberto, gerente de licenciamento de clubes da CBF. Cada um falou um pouco sobre a experiência com o projeto. Na sequência, o autor do projeto de Árbitro de Vídeo, Manoel Serapião, fez um panorama sobre o uso do VAR no Brasil.

O presidente da Comissão de Arbitragem da CBF, Marcos Marinho, destacou a parceria da CBF com as Federações para um maior conhecimento de tudo o que envolve a implementação do Árbitro de Vídeo.

– Nossa ideia é dar conhecimento aos representantes das Federações interessadas em implementar o Árbitro de Vídeo. Mostrar como é o processo, as dificuldades, necessidade dos treinamentos, tudo o que é necessário para aplicar o VAR. Temos a presença do Dirk, que é do IFAB, e de outras autoridades da arbitragem para passar todas as informações a eles – declarou.

A primeira palestra do dia foi de Wilson Seneme. O presidente da Comissão de Arbitragem da Conmebol falou sobre a experiência da entidade em jogos com o árbitro de vídeo no ano de 2017 e nesta temporada de 2018. Dando continuidade, Dirk Schlemmer fez duas palestras em sequência. A inicial teve como foco as exigências para a aplicação da ferramenta e a segunda falou sobre a capacitação dos árbitros.

Representando a Conmebol, Wilson Seneme mostrou safistação por compartilhar a experiência da entidade com a ferramenta do VAR nas últimas duas temporadas em competições importantes do futebol sul-americano.

– A iniciativa da CBF em organizar um evento como este combina com o que a gente tem feito na Conmebol. É importante porque os estados e as federações começam também a ter ideia do que é o VAR. Vir aqui, passar esta experiência de como foi o desenvolvimento do projeto no ano de 2017, a implementação, o quanto é importante que a instituição abrace o VAR, que não é algo só de árbitro, é institucional, é muito interessante. E é bom lembrar sempre que este é um processo que deve caminhar passo a passo com o que trabalha o IFAB no seu protocolo – acrescentou Seneme.

As Federações de Alagoas, Bahia, Ceará, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Santa Catarina e São Paulo enviaram representantes ao evento. Interessados em levar a ferramenta para os seus respectivos campeonato estaduais, os profissionais acompanharam atentamente a programação e elucidaram dúvidas com Dirk Schlemmer.

A programação tem duração de três dias e segue nesta terça-feira (20). Sebastian Runge, chefe de tecnologia do IFAB, é um dos próximos palestrantes e vai falar sobre os principais aspectos para a implementação do VAR.

Autor: Sérgio Corrêa

Árbitro na Federação Paulista de Futebol (1981-2001) e da Confederação Brasileira de Futebol (1989 a 2001); Ocupou cargos administrativos nos sindicatos entre 1990-93 e 1996-03, Eleito e reeleito presidente para dois mandatos: o primeiro compreendido entre 03/02/2003 a 08/04/207 e o segundo, de 09/04/2007 a 08/04/2011. Deixou a função para assumir a presidência da CA-CBF. Pela Associação Nacional dos Árbitros de Futebol ocupou os cargos de secretário-geral, entre 25/10/1997 e 13/05/2003. Já, na Comissão de Arbitragem, foi secretário-geral entre 25/10/2005 e 06/08/2007. Nomeado presidente da CA-CBF em duas oportunidades, a primeira entre 07/08/2007 a 22/08/2012, a segunda, de 13/05/2014 a 28/09/2016. Também foi diretor-presidente da Escola Nacional de Arbitragem de Futebol, entre 07/01/2013 a 12/05/2014. Atualmente, continua chefiando o DA (desde 22/08/12) e lidera o projeto de árbitro assistente de vídeo, nomeado junto a FIFA desde 15/09/2015.

Uma consideração sobre “Com apoio da CBF, IFAB realiza…”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s