#cbfvar: repercussão na mídia

https://extra.globo.com/esporte/cbf-comemora-sucesso-do-var-na-copa-do-brasil-23000921.html

Igor Siqueira

A CBF apresentou nesta quarta-feira um balanço das atividades do árbitro de vídeo nas quartas de final da Copa do Brasil. Segundo levantamento da entidade, o experimento nos oito jogos registrou um total de 58 checagens ou revisões. Isso dá uma média de 7,25 checagens por partida. Duas decisões foram mudadas, entre elas a retirada do cartão vermelho mostrado – inicialmente e de forma equivocada – pelo árbitro Anderson Daronco ao jogador Gregore, do Bahia, no confronto contra o Palmeiras.

Em termos percentuais, a CBF contabilizou que 38% das checagens foram para analisar eventual aplicação de cartão vermelho, 35% em jogadas de pênalti ou não, 22% de lance de gol ou não gol e 5% sobre erros de identificação.

– O lance é fundamental para preservar a integridade física dos jogadores. Os jogadores vão ter que mudar a conduta, haverá menos faltas. O futebol será mais bonito – comentou Serapião.

Com o árbitro de vídeo em ação, a média de bola rolando da Copa do Brasil (57:29) foi maior que a Copa do Mundo (56:55) e a Bundesliga (57:03), segundo o levantamento da CBF.

– O sucesso está nesse investimento da CBF e no treinamento dos árbitros – completou Serapião.

Autor: Sérgio Corrêa

Árbitro na Federação Paulista de Futebol (1981-2001) e da Confederação Brasileira de Futebol (1989 a 2001); Ocupou cargos administrativos nos sindicatos entre 1990-93 e 1996-03, Eleito e reeleito presidente para dois mandatos: o primeiro compreendido entre 03/02/2003 a 08/04/207 e o segundo, de 09/04/2007 a 08/04/2011. Deixou a função para assumir a presidência da CA-CBF. Pela Associação Nacional dos Árbitros de Futebol ocupou os cargos de secretário-geral, entre 25/10/1997 e 13/05/2003. Já, na Comissão de Arbitragem, foi secretário-geral entre 25/10/2005 e 06/08/2007. Nomeado presidente da CA-CBF em duas oportunidades, a primeira entre 07/08/2007 a 22/08/2012, a segunda, de 13/05/2014 a 28/09/2016. Também foi diretor-presidente da Escola Nacional de Arbitragem de Futebol, entre 07/01/2013 a 12/05/2014. Atualmente, continua chefiando o DA (desde 22/08/12) e lidera o projeto de árbitro assistente de vídeo, nomeado junto a FIFA desde 15/09/2015.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s