Metodologia da sala invertida

TROCA ENTRE ALUNO E PROFESSOR

26/01/2018 às 19:20 | Assessoria CBF

Arbitragem utiliza metodologia da sala invertida

O curso de aperfeiçoamento para instrutores de arbitragem regionais traz exercícios inovadores para os seus participantes. Nesta sexta-feira (26), o dia em Pinheiral (RJ) começou com a metodologia da sala invertida. O grupo foi dividido em cinco estações e houve uma troca de funções entre professores e alunos.

Cada grupo tinha quatro vídeos para analisar, conceituar e definir as situações. Os mentores acompanhavam e, após o tempo esgotado, os integrantes se deslocam para a próxima estação, com outro mentor e mais quatro situações. No fim da atividade, todos trabalharam cinco vídeos como líderes do grupo e outros 15 como debatedores. Sendo assim, o objetivo das estações, que era que todos utilizassem uma metodologia específica, foi alcançado.

O exercício da sala invertida consegue um maior foco no que está sendo dito em sala de aula, mais ação dos alunos em relação aos professores, motivação maior dos participantes e uma maior troca de experiência entre os alunos e professores. Alício Pena Júnior, instrutor da CBF, fez uma análise da atividade.

– Nesse exercício o instrutor está trabalhando no computador, dominando a ferramenta, trabalhando com a análise de vídeo, como parar, como seguir, como interromper o vídeo, e exercendo também o domínio da classe. Porque os que estão atrás dele no momento de analisar o vídeo seriam como seus alunos na sala de aula. A gente está trabalhando todas estas ações que ele realiza no curso, no treinamento com os árbitros, aqui com os instrutores na sala de aula. Aliando a tudo isso a definição dos conceitos para cada situação – afirmou.

Belmiro da Silva, instrutor regional da Bahia, também transmitiu as impressões que teve com a atividade. Ele destaca que o curso, de uma forma geral, vai influenciar diretamente no método de ensino dele aos árbitros promissores do seu estado.

– A minha forma de ensinar aos árbitros com certeza vai ser diferente a partir de agora. Será a mesma que a CBF usa para orientar os seus árbitros. E é isso o que buscamos também. O conhecimento nós temos, mas como aplicar essa metodologia? A Comissão de Arbitragem vem passando isso para nós, juntamente com a nossa escola de árbitros – acrescentou.

No período da tarde, os participantes do curso foram para o campo principal do CT João Havelange e trabalharam novamente situações de jogo com equipes de base de clubes locais, mas com uma mudança com relação aos dias anteriores. A metologia da sala invertida foi posta em prática assim como no exercício da manhã e também houve troca de função entre professores e alunos.

https://www.cbf.com.br/noticias/arbitragem/arbitragem-utiliza-metodologia-da-sala-invertida#.WnErpqjibIU

Autor: Sérgio Corrêa

Árbitro na Federação Paulista de Futebol (1981-2001) e da Confederação Brasileira de Futebol (1989 a 2001); Ocupou cargos administrativos nos sindicatos entre 1990-93 e 1996-03, Eleito e reeleito presidente para dois mandatos: o primeiro compreendido entre 03/02/2003 a 08/04/207 e o segundo, de 09/04/2007 a 08/04/2011. Deixou a função para assumir a presidência da CA-CBF. Pela Associação Nacional dos Árbitros de Futebol ocupou os cargos de secretário-geral, entre 25/10/1997 e 13/05/2003. Já, na Comissão de Arbitragem, foi secretário-geral entre 25/10/2005 e 06/08/2007. Nomeado presidente da CA-CBF em duas oportunidades, a primeira entre 07/08/2007 a 22/08/2012, a segunda, de 13/05/2014 a 28/09/2016. Também foi diretor-presidente da Escola Nacional de Arbitragem de Futebol, entre 07/01/2013 a 12/05/2014. Atualmente, continua chefiando o DA (desde 22/08/12) e lidera o projeto de árbitro assistente de vídeo, nomeado junto a FIFA desde 15/09/2015.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: