Processo de seleção de árbitros

– O futebol brasileiro é referência no mundo, então a arbitragem também tem tudo para ser. Fico muito feliz em participar deste encontro e poder trocar experiências com tanta gente qualificada – comentou José María García-Aranda.

SEMINÁRIO DE ARBITRAGEM

01/02/2016 às 10:15 | Assessoria CBF

Aranda e o processo de seleção de árbitros

Créditos: Fernando Alves / CBF

Encontrar árbitros de qualidade não é tarefa fácil. Exige planejamento, conhecimento e muito trabalho. Foi justamente sobre isso que falou o ex-chefe de arbitragem da FIFA, José Maria Garcia-Aranda, nesta segunda-feira (1), segundo dia do Seminário Internacional de Arbitragem realizado pela CBF.

García-Aranda citou cinco etapas deste processo de seleção, que passa pelas comissões estaduais, responsáveis por prospectar candidatos e realizar os testes e treinamentos.

As cinco etapas passam por testes físicos, análises de vídeos com tomada de decisão em cima do lance, provas técnicas e avaliação individual feita pela comissão. Com base nos resultados obtidos nos testes, somados a opinião da banca, os árbitros são selecionados.

– O futebol brasileiro é referência no mundo, então a arbitragem também tem tudo para ser. Fico muito feliz em participar deste encontro e poder trocar experiências com tanta gente qualificada – comentou José María García-Aranda.

O Seminário não para por aí. A programação segue até terça-feira (2). Ainda nesta segunda-feira, a Escola Nacional de Árbitros de Futebol (ENAF) fala de um tema muito importante: o projeto da CBF para o uso de vídeo durante as partidas. No último dia, García-Aranda volta ao palco para falar sobre “o papel do árbitro internacional moderno”.

http://www.cbf.com.br/noticias/arbitragem/o-processo-de-selecao-de-arbitros#.WJFhG_nhDIU

 

Autor: Sérgio Corrêa

Árbitro na Federação Paulista de Futebol (1981-2001) e da Confederação Brasileira de Futebol (1989 a 2001); Ocupou cargos administrativos nos sindicatos entre 1990-93 e 1996-03, Eleito e reeleito presidente para dois mandatos: o primeiro compreendido entre 03/02/2003 a 08/04/207 e o segundo, de 09/04/2007 a 08/04/2011. Deixou a função para assumir a presidência da CA-CBF. Pela Associação Nacional dos Árbitros de Futebol ocupou os cargos de secretário-geral, entre 25/10/1997 e 13/05/2003. Já, na Comissão de Arbitragem, foi secretário-geral entre 25/10/2005 e 06/08/2007. Nomeado presidente da CA-CBF em duas oportunidades, a primeira entre 07/08/2007 a 22/08/2012, a segunda, de 13/05/2014 a 28/09/2016. Também foi diretor-presidente da Escola Nacional de Arbitragem de Futebol, entre 07/01/2013 a 12/05/2014. Atualmente, continua chefiando o DA (desde 22/08/12) e lidera o projeto de árbitro assistente de vídeo, nomeado junto a FIFA desde 15/09/2015.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: