Aulas Técnicas – Agosto 2013

06/08/2013 às 18:30 | Assessoria CBF

Tarde de aulas técnicas no curso de arbitragem

Os responsáveis pelas aulas técnicas teóricas da tarde desta terça-feira foram os instrutores da FIFA, Jorge Larrionda, da CBF, Ednilson Corona, e da CBF e da Conmebol, Sálvio Fagundes.

O primeiro ponto que foi trabalhado com os árbitros e assistentes foi a mudança na regra 11, a regra do impedimento, feita pela FIFA, em junho deste ano. Aa CBF, visando à facilitação e melhor desempenho da arbitragem brasileira, se antecipou e já passou as novas informações aos participantes do curso.

Foram três mudanças na regra. Agora para ser considerado impedimento, o jogador tem que tocar ou disputar a bola. Antes, bastava ele ter interesse em jogar que já era considerado impedimento.

Para o assistente marcar impedimento, o jogador tem que fazer gestos ou obstruir o adversário claramente. Antes da alteração, apenas os gestos ou movimentos que atrapalhassem o adversário já eram suficientes para a marcação.

Antes era confuso quando a bola desviava em um defensor e deixava jogador que estava em posição de impedimento em condição de jogo. Agora é claro que o jogador em posição de impedimento só está em condição de jogo quando o adversário dá um passe errado.

A segunda etapa do trabalho técnico teve objetivo de passar para os participantes os aspectos gerais de controle de jogo, tais como interpretação e aplicação da regra de faltas, trabalho em equipe, leitura de jogo, por exemplo.

– Buscamos passar para os árbitros e assistentes todas as ferramentas que eles precisam para se prepararem para uma partida, para que assim, na hora necessária, eles possam tomar a decisão correta – explicou Jorge Larrionda.

http://www.cbf.com.br/noticias/arbitragem/tarde-de-aulas-tecnicas-no-curso-de-arbitragem#.WJElm_nhDIU

Autor: Sérgio Corrêa

Árbitro na Federação Paulista de Futebol (1981-2001) e da Confederação Brasileira de Futebol (1989 a 2001); Ocupou cargos administrativos nos sindicatos entre 1990-93 e 1996-03, Eleito e reeleito presidente para dois mandatos: o primeiro compreendido entre 03/02/2003 a 08/04/207 e o segundo, de 09/04/2007 a 08/04/2011. Deixou a função para assumir a presidência da CA-CBF. Pela Associação Nacional dos Árbitros de Futebol ocupou os cargos de secretário-geral, entre 25/10/1997 e 13/05/2003. Já, na Comissão de Arbitragem, foi secretário-geral entre 25/10/2005 e 06/08/2007. Nomeado presidente da CA-CBF em duas oportunidades, a primeira entre 07/08/2007 a 22/08/2012, a segunda, de 13/05/2014 a 28/09/2016. Também foi diretor-presidente da Escola Nacional de Arbitragem de Futebol, entre 07/01/2013 a 12/05/2014. Atualmente, continua chefiando o DA (desde 22/08/12) e lidera o projeto de árbitro assistente de vídeo, nomeado junto a FIFA desde 15/09/2015.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: